Com pouco mais de 100km de distância de Fortaleza, o Maciço do Baturité, é formado por rochas, flores, cachoeiras e muito charme. A região é composta pelas cidades Baturité, Pacoti, Guaramiranga e Mulungu, famosas por um friozinho único no Ceará. Agora, por meio de uma iniciativa do Sebrae CE e através da Rota do Café Verde, podemos conhecer aspectos desconhecidos das cidades.

Em um passeio muito especial, traçamos essa rota saindo de Fortaleza.

A primeira parada foi o Sítio São Roque construído em 1920, o lugar é refúgio da família Farias aos finais de semana e morada do patriarca, o Sr. Farias, que mantém os costumes do pai, cultivando café sombreado e banana.

Sr. Farias, conta a história do lugar, que também um pomar e criação de abelha. A família recebe com uma mesa farta e é possível comprar algumas das delícias do local, como a torta de banana com massa integral, cocada e até um livreto, contando a história do sítio.

12336281_1038367789527379_1271539177_n 12355286_1038367822860709_245647687_n 12358056_1038367812860710_1196779420_n

 

A casa antiga guarda muitas lembranças, uma delas páginas de um livro de receitas que que ganhou moldura.

12346670_1038367806194044_376086378_n

Outra parada magnífica é o Mosteiro dos Jesuítas, construção do século XIX com ares medieval, lá, o lugar também recebe hospedes para retiro, mas vale lembrar, os frades fazem questão de dizer que só podem se hospedar casais com enlace martimonial e a hospedagem é voltada para o descanso e meditação. A primeira vista é isso mesmo que o lugar remete, descanso. Os padres também cultivam café e o cheirinho toma conta dos corredores do mosteiro. Não demoramos, mas a vontade era de não ir embora.

12348761_1038374559526702_271670668_n 12355258_1038374532860038_58912171_n 12358069_1038374556193369_728114017_n

Depois da oração, o pecado (brinks) e que a próxima parada foi a Le Rêve Pousada que nos recebeu com um festival de massas, brindes de espumante e uma vista inesquecível!

Confesso que foi difícil ir embora. Já deixei a reserva para voltar!

12346726_1038374322860059_707767766_n

40 minutos depois de lá, subindo a serra, chegamos no bucólico Sítio São Luis, uma verdadeira viagem ao tempo, lá, conhecemos a história do sítio, que foi o maior produtor de café na região do Maciço, chegando a ter moeda própria. Com duas mesas postas e uma cozinha enorme em pleno funcionamento, podemos comer pão de leite com nata e café, colhido lá mesmo, avermelhado e delicioso.

12346816_1038378126193012_145402432_n 12357969_1038378132859678_412412706_n 12358157_1038378156193009_1689132742_n

A vontade que fica é de anoitecer nos grandes cômodos do lugar, ouvindo através da família as histórias do lugar, degustando o bolo de café, tradição da família que substitui até o bolo de casamento.

12336183_1038378139526344_151607228_n 12346736_1038378146193010_527317161_n

Uma enorme biblioteca, guarda as memórias dos moradores, que costumavam passar as o inverno no sertão e o verão na serra, tendo aulas com uma governanta. Eu achei um livro, que foi difícil de largar.

12355292_1038378159526342_10907737_n

 

O dia foi emocionante e vai ficar na lembrança, guardada no lugar das coisas inesquecíveis.

12346791_1038378142859677_843137731_n

Se você se interessou em percorrer a rota do café verde, pode comprar o passeio na Chocoberry de Fortaleza ou Guaramiranga.

Mais informações pelo número: (85) 3347.1570 ou na página https://www.facebook.com/cafeverdedoceara

Fonte:
http://blog.opovo.com.br/homemetc/um-passeio-inesquecivel-traca-a-rota-do-cafe-verde-no-macico-do-baturite/